Nosso Trabalho

Conheça Nossos
Programas e Projetos

A Pequena Casa da Criança atende, por meio de diversos programas e projetos, 800 crianças, jovens, família e idosos, prestando o apoio necessário para que essas pessoas melhorem sua qualidade de vida.

Escola de Educação Infantil e Ensino Fundamental – Crianças da educação infantil, a partir de quatro anos, ao 5º ano do ensino fundamental. 379 atendidos, sendo mais da metade em turno integral.

Veja mais sobre o programa neste link

Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) – Crianças e adolescentes de 6 a 17 anos. Promove o acesso à cultura e o fortalecimento de vínculos através de atividades lúdico-pedagógicas de música, artes cênicas, artes plásticas, dança, informática e atividades esportivas. 164 atendidos.

Veja mais sobre o programa neste link

Aprendizagem Profissional – Jovem Aprendiz – Jovens de 14 a 24 anos. Promove formação profissional e geração de renda, contribuindo com o primeiro emprego e no desenvolvimento profissional e pessoal dos jovens. 43 atendidos.

Veja mais sobre o programa neste link

Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos igual ou superior a 60 anos – Idosos – Promove atividades de convivência e fortalecimento de vínculos para idosos moradores da Vila Maria da Conceição, a fim de estimular a inclusão e participação social, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida. 78 atendidos.

Veja mais sobre o programa neste link

Serviço Social – Realiza atendimento às famílias, possibilitando um processo de construção da cidadania e acesso a direitos embasado no processo ético-político da profissão e nos princípios institucionais.
Promove também maior integração da comunidade com as ações da instituição. Realiza em média 319 atendimentos no plantão social mensalmente através da livre demanda da Comunidade. Realiza a coordenação do SCFV – Idosos e do Atelier Maria da Conceição (voltado à geração de renda de mulheres da comunidade). Além disso, acompanha e atende as demandas encaminhadas pelos Programas da instituição.

Veja mais sobre o programa neste link.

Setor de Psicologia

Psicologia – Auxilia no desenvolvimento de autocuidado, previne os impactos de adoecimento e sofrimento na saúde mental/emocional, tanto através de atendimentos psicoterapêuticos quanto de oficinas e outras atividades. Fornece orientações para ter mais qualidade de vida e bem estar não só para os atendidos, mas também para os colaboradores que fazem parte da Instituição.

Veja mais sobre o programa neste link

Serviço de Abordagem Social | Ação Rua – O programa consiste em abordar e criar vínculo com as crianças, adolescentes, adultos e famílias que utilizam o espaço da rua como espaço de sobrevivência (trabalho, mendicância, entre outros) ou mesmo de moradia. 159 atendidos por mês.

Veja mais sobre o programa neste link

Atividades de Espiritualidade – A ligação da Pequena Casa com a espiritualidade é uma das suas principais marcas. Desde a sua fundação a instituição busca promover a fé em sua atuação cotidiana. Os Encontros de Espiritualidade ocorrem com os alunos da escola e participantes dos programas mensalmente e contam com a presença da Presidente da Pequena Casa, Irmã Pierina. Estes encontros reforçam a importância dos valores cristãos da paz, do respeito, da igualdade, da justiça e da fraternidade. As práticas espirituais também incluem a realização de encontros ecumênicos com a cultura religiosa local, como a realização de celebrações na comunidade da Vila Maria da Conceição e de ações como a primeira Comunhão.

Muro reformado com arte, cores e muito amor

Representações – A Pequena Casa da Criança tem como um de seus objetivos promover o desenvolvimento socioeconômico da comunidade da Vila Maria da Conceição. E para efetivação deste objetivo, atua ativamente nos espaços públicos para garantir políticas públicas que visem a promoção de acesso a direitos essenciais para a população. Atualmente a Pequena Casa tem representação no Conselho e no Fórum Municipal da Criança e do Adolescente (CMDCA), no Fórum das Conselhos da Cidade, no Fórum do Idoso, e nos fóruns municipal e gaúcho de aprendizagem profissional (FORMAP e FOGAP). A Casa também possui representação nas reuniões da Rede Partenon, Microrede Santo Antônio e da reunião de Monitoramento do SCFV. O Conselho de Pastoral da Vila Maria da Conceição é outro espaço em que a Casa atua. Além disso, como forma de garantir o acesso da comunidade aos serviços de saúde, a Pequena Casa cedeu parte de sua sede para a instalação da Unidade Básica de Saúde Maria da Conceição.

Voluntariado – A instituição tem uma equipe de voluntários atuando na promoção da saúde, educação, qualificação, arrrecadação de alimentos e diversas outras mobilizações solidárias. Em 2020 tivemos em torno de 30 voluntários em atividades fixas e outros 70 que atuaram em atividades pontuais.

Veja mais sobre o programa neste link